Bloco Progressista vence corrida pela Presidência da Casa

Deputado Caio Leal (PDT) em discurso após assumir a Presidência da Casa. Foto por Fernanda Arai
Deputado Caio Leal (PDT) em discurso após assumir a Presidência da Casa. Foto por Fernanda Arai
Deputado Caio Leal (PDT) em discurso após assumir a Presidência da Casa.
Foto por Fernanda Arai

Na tarde do último sábado (14) foram eleitos os membros da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. O deputado Caio Leal, do PDT, venceu a disputa pela Presidência da Casa e, assim, conferiu a vitória do Bloco Progressista sobre o Bloco Republicano. Pela primeira vez em muito tempo a decisão foi levada ao segundo turno, o que gerou tensão e afetou a celeridade dos trabalhos do dia.

Presidida pelo deputado G. Bertochi (PSDB), a primeira sessão plenária foi marcada por tensão entre os candidatos à Presidência. O deputado Jhonatan Anfilofev (PSDB), se posicionou de maneira independente alegando “não acreditar nas outras candidaturas” que seguiam as orientações dos blocos partidários, com exceção do deputado M. Menck (PSB), que retirou sua candidatura no início do processo. Jordanna Lourenço, deputada do DEM e candidata, alegou já esperar a derrota, porém, salientou: “Meu opositor nunca foi o Caio, sempre foi o Jhonathan Anfilofev”.

De acordo com componentes do Bloco Progressista, o trabalho de articulação que permitiu a vitória do deputado Caio se fez de maneira árdua e em muito tempo. O atual presidente da “Casa do Povo” vem com uma proposta diferente para a seleção das pautas para as reuniões em plenário: “pautas que uma maioria saiba discutir”. Também disse que irá deixar de lado assuntos mais polêmicos como o aborto ou a maconha, com o intuito de não causar desgaste dos debates e para garantir a evolução das discussões.

A primeira sessão deliberativa ordinária desta Legislatura está agendada para quinta-feira (19), às 14h30, no Plenário Ulysses Guimarães.

Compartilhe: