CDHM aprovou parecer que combate à intolerância contra religiões de matrizes africanas

Nesta manhã (22), foi aprovado o PL Nº 064/19, de autoria da Deputada Gabrielly Santos, que dispõe sobre a criação da semana nacional de combate à intolerância religiosa às religiões de matrizes africanas. O parecer, que era pela aprovação, foi aprovado por unanimidade. A deputada Débora Carvalho (PT/PA), enalteceu a relatora do projeto de lei. “Primeiramente eu agradeço a relatora e autora pelo incrível parecer. Creio que o projeto seja importante pois o Estado é laico, mas o governo é evangélico e divulgar isso em rede nacional pode afetar as religiões de matrizes africanas”, disse a parlamentar.

Muitos requereram pedido para ser orador para reafirmar apoio à pauta. O deputado Dângelo Saraiva (PDT/BA). “Fico feliz em ser co-autor deste projeto, pois aqui mesmo em Brasília temos um terreiro de 1975 sendo destruído pelo próprio Estado. Por isso se faz urgente a aprovação deste parecer”, disse o parlamentar.

Também favorável ao parecer, a deputada Janaína Martins (PSB/SC), registrou sua manifestação favroável. “Apesar de não ter o local de fala, sou favorável ao parecer por ter muitos parentes que congregam em religiões de matrizes africanas. Quanto mais a temática for pautada, menor será o preconceito na sociedade”, afirmou a deputada.

Compartilhe: