Cerimônia dá início a 12ª edição do Politeia

A abertura deste ano foi marcada pela presença de apenas convidadas mulheres.

Na última sexta-feira, 14, deu-se início a 12ª edição do Projeto Politeia, às 20 horas, no auditório Joaquim Nabuco da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília. Entre agradecimentos à equipe organizadora, recomendações aos participantes e avisos sobre a simulação, a cerimônia de abertura deste ano se destacou pela presença unânime de convidadas mulheres nas duas mesas do evento.
Enquanto alguns participantes recebiam seus kits e crachás, outros aproveitaram o encontro para rever colegas e discutir pautas. Após a entrega dos kits aos participantes presentes, todos se encaminharam ao auditório para a cerimônia de abertura.
A primeira mesa da noite teve como convidadas Maria Ester Camino, representante da Câmara dos deputados; Graziela Dias, professora coordenadora do curso de Ciência Política da UnB e Paula Trindade, coordenadora geral do Projeto Politeia. Em sua fala, Maria Ester Camino enfatizou a importância do projeto como exercício de cidadania: “Espero que essa experiência sirva aos participantes como um aprendizado no processo democrático. É uma experiência rica para que possamos construir juntos o país que queremos e uma sociedade cada vez mais justa, igualitária e solidária”, afirmou.
A segunda mesa contou com as organizadoras Natália Reis, vice-coordenadora geral, que este ano se despede do projeto após três anos de participação; Fernanda Alves, coordenadora acadêmica; Gabriela Sales, coordenadora administrativa e Mariana Bittencourt, coordenadora de comunicação. Fernanda Sales salientou a relevância de dispor da própria Câmara dos Deputados: “Usem o espaço para expor as suas ideias, as suas opiniões. É muito importante termos este espaço no atual momento político”, revelou.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.