Deputado desiste de candidatura à Presidência da Câmara e não declara apoio a outro candidato

Dep. Matheus Menck (PSB). Foto: Flávia Said.

O dep. Mateus Menck (PSB), simulando de primeira viagem, até o momento de seu discurso era candidato à Presidência da Câmara dos Deputados. Porém, durante sua fala, deixou de lado a candidatura, não apoiando nenhum outro candidato. Fontes não explicitam o porquê da desistência, mas afirmam que a mesma foi aconselhada pelo partido e acolhida pelo deputado. Segundo elas, a decisão de não declarar apoio não veio do dep. Menck, e sim do partido.

Em contrapartida, o deputado conversou com a reportagem e deixou claro que já havia um consentimento de sua desistência com a dep. Jordana Lourenço (DEM), afirmando que pretendia apoiá-la. Porém, ele não ficou satisfeito com alguns pontos levantados na fala da candidata. “Enquanto ouvia o discurso, me virei ao meu líder [dep. Davi Marques] e perguntei: ‘cara’, tem vários pontos que ela ‘tá’ ressaltando com quais eu não concordo e isso complica meu discurso, que foi o de apoiá-la”.

O líder do PSB, dep. Davi Marques, respondeu que o discurso da dep. Jordana Lourenço realmente estava desalinhado com os propósitos partidários, mas que daria liberdade ao até então candidato em sua escolha de apoiar ou não a deputada.

Apesar disso, o dep. Menck afirmou que não houve pressão nenhuma em sua decisão e que neste momento estaria mais alinhado a alguma comissão.

Compartilhe: