Editorial: Jornal O Politeia repudia ataque direcionado à imprensa durante reunião da CSPDN

Repórter do jornal foi alvo de falas provocativas enquanto cobria as atividades do colegiado

Por Redação O Politeia

O jornal O Politeia repudia os ataques feitos por um parlamentar e dirigidos à imprensa, durante a reunião da Comissão de Segurança Pública e Direitos Humanos (CSPDN), na manhã desta quarta-feira (27). Na ocasião, o deputado proferiu falas provocativas e constrangedoras, ferindo a imagem da repórter que, naquele momento, cobria as atividades da comissão. 

A produção da informação relevante e de interesse público é um direito fundamental que não pode ser impedido, assim como não deve haver obstrução que impossibilite a divulgação de fatos que sejam frutos do árduo trabalho jornalístico. 

O conselho editorial do jornal também presta solidariedade à vítima do acontecimento e reforça a característica primordial do jornalismo, que é ser um dos pilares da democracia. 

Como veículo de comunicação, é nosso dever defender o livre exercício da profissão e não colocar em risco a integridade dos profissionais e de suas fontes. Por isso, o jornal não citará os nomes envolvidos no episódio. 

Compartilhe: