Esclarecimentos sobre o andamento de comissões são dados em Coletiva

Os presidentes das comissões, os líderes partidários e dos blocos e a representante da Secretaria da Mulher se reuniram na última segunda-feira, 17 de julho, em Coletiva de Imprensa, para darem maiores esclarecimentos. A Coletiva foi marcada por pautas a respeito das eleições para presidente da casa, questões em relação aos blocos partidários e prerrogativas das lideranças. A segunda Coletiva de Imprensa do Politeia foi dividida entre líderes partidários e presidentes de comissões. A principal questão levantada foi a coesão do bloco Chá das 5, uma vez que o deputado Ismael Júnior, líder do PSDB, declarou intenções de saída do bloco com o intuito de preservar prerrogativas de liderança. O parlamentar declarou: “acho válida a permanência do PSDB no bloco”, ao defender a repentina mudança. Ainda sobre suas decisões, esclareceu que “não me senti lesado em momento algum”. O líder do Chá das 5, Pedro Leal, também prestou esclarecimentos e disse: “houve um desencontro de informações, Ismael não saiu do bloco”.
Outro questionamento feito aos deputados dizia respeito à relevância de projetos e frentes parlamentares que não possuíam efeito prático de acordo com alguns deputados. O líder do DEM, Bruno Melo, expôs: “não estou aqui para fazer juízo de valor”, além de defender seus co-partidários, enfatizando o direito deles de por essas questões em pauta. A maioria dos presidentes presentes na Coletiva alegaram grandes atrasos nas tramitações dos projetos, um dos motivos apontados foi a falta de pautas relevantes e o excesso do tempo gasto em brincadeiras.
“Eu, como presidente, gostaria de gerar outro debate na comissão”, disse João Paulo Mendes sobre os atrasos nas discussões realizadas na CDEICS (Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços), já a presidente da CSSF (Comissão de Seguridade Social e Família), Mayra Dutra, culpou a lentidão das discussões no grande número de pedidos de vista. Já na CSPCCO (Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado), mesmo com os pedidos de vista, os debates foram acelerados e com boa qualidade, alegou Pedro Albuquerque, presidente da comissão.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.