História

Nossa História

O Projeto Politeia foi idealizado, em 2003, por estudantes do curso de Ciência Política, como uma iniciativa do Programa de Educação Tutoriada (PET-POL). Desde o início o Politeia foi concebido como um projeto de educação política, de importância ímpar para a formação dos estudantes e a disseminação do conhecimento acerca do processo legislativo brasileiro. 

Para o desenvolvimento de suas atividades, o Politeia conta com uma metodologia e cultura organizacional próprias, que permitem experiências únicas dentro do meio acadêmico. O projeto busca, para além do conhecimento teórico adquirido através do estudo intensivo do processo legislativo, proporcionar um ambiente em que o debate e o trabalho em equipe sejam estimulados. 

Atualmente, o projeto é dividido em cinco coordenadorias:  Coordenadoria Acadêmica, que realiza treinamentos relacionados ao Regimento Interno da Câmara dos Deputados (RICD) e elabora aulas sobre o âmbito político para os estudantes da UnB; a Coordenadoria Administrativa, que tem a atribuição de estruturar e oferecer suporte organizacional ao projeto; a Coordenadoria de Comunicação, que é responsável pela divulgação, pela assessoria de imprensa e pela elaboração da identidade visual do projeto; e, por fim, a Coordenadoria Geral, que articula e gerencia os trabalhos das demais coordenadorias e representa o Politeia frente ao Instituto de Ciência Política, à Câmara dos Deputados, aos parceiros e demais grupos. Juntas, estas coordenadorias mobilizam em média 50 (cinquenta) estudantes de diversos cursos de graduação da Universidade de Brasília (UnB), como Ciência Política, Relações Internacionais, Direito, Economia e Jornalismo. 

Durante um ano, todos os membros da organização se preparam, estudando o Regimento Interno da Câmara dos  Deputados, ministrando aulas, cursos e organizando palestras para que assim, estejam capacitados para promoverem uma simulação das atividades parlamentares, ainda que com adaptações, de maneira fidedigna. Além disso, a organização se empenha para auxiliar os simulantes, fornecendo aulas e consultoria técnica, para que os mesmos consigam escrever e apresentar os Projetos de Lei (PLs) e compreender os trabalhos das Comissões e os ritos de Plenário, da melhor forma. 

Dessa forma, o Projeto Politeia se mostra único no cenário das extensões acadêmicas, promovendo experiências completas aos seus participantes e, além disso, impactando a forma como a política é vista por jovens adultos.

Missão

A missão do Politeia é, e sempre será, a de compartilhar conhecimentos relacionados ao processo legislativo brasileiro de maneira didática, prática e realista. O projeto tem um compromisso com a comunidade acadêmica, de ser um referencial de excelência na prática e no ensino político e, também, de atuar como um elo de acesso entre a sociedade civil e o Poder Legislativo.

Visão

O ensino e o debate são as maneiras mais eficientes de formar cidadãos conscientes do processo político. Instigar a participação de jovens adultos nestes processos é seguramente uma maneira de contribuir para a formação de gerações ativas, politizadas e que poderão contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e com dinâmicas cada vez mais funcionais.

Valores

Como o Politeia é um projeto que busca a educação política de todos os seus participantes, seus valores estão pautados justamente em corroborar este compromisso. Buscamos a diminuição das desigualdades ao produzirmos e compartilharmos conhecimentos acerca do processo político. Contribuímos para a formação de uma sociedade livre e politizada ao promovermos processos seletivos justos e que valorizam a diversidade racial e de gênero. Promovemos, em nossa equipe, o respeito e a tolerância, além de repudiarmos qualquer forma de discriminação e, assim, avançamos para um futuro com melhores perspectivas para todos.