João Victor Tocantins é eleito presidente da Câmara dos Deputados

Forte articulação com partidos que seguem diferentes linhas ideológicas garantiu ao deputado federal João Victor Tocantins (PR/TO) a presidência da Câmara dos Deputados. A eleição ocorreu na tarde deste sábado (20), em uma sessão no anfiteatro 12 do Instituto Central de Ciências na Universidade de Brasília (UnB), por volta das 14h30min. O parlamentar obteve o apoio da maioria dos deputados presentes na Casa e foi eleito em primeiro turno, vencendo a candidata Rhayra Santana (PSL/PE).

Após a vitória, Tocantins afirmou que cumprirá suas atividades como presidente da Câmara com responsabilidade. “Um dos papéis do presidente é ser um facilitador para as matérias e para os parlamentares. Isto é, com o intuito de estimular o aprendizado de todos, contribuirei ao máximo para deixar o debate respeitoso e coeso. Assim, darei continuidade ao projeto da melhor forma possível”, declarou. 

O deputado federal Victor Frank (MA), líder do Partido Republicano (PR), diz que a vitória de Tocantins foi acertada. “Ele tem um enorme respeito e conhecimento da liturgia de uma posição tão importante como a de presidente da Casa. Tenho certeza que ele ouvirá mais do que falará. E quando falar, será certeiro, regimental e estrito, bem como respeitoso com quem quer que seja”, afirmou. 

Em contrapartida, a deputada federal Amanda Fortaleza (CE), atual líder do Partido Social Liberal (PSL), lamenta a derrota de Rhayra Santana. “Ela tem interesse genuíno de ensinar e estimular a participação de todos os parlamentares, mesmo àqueles sem cargos de liderança. Além disso, ela é completamente apaixonada pelo projeto, então é verdadeiramente triste que não tenha sido eleita. De qualquer forma, o Tocantins é bastante competente e torço para que ele seja um ótimo presidente da Casa”, complementou.

RESULTADO DA ELEIÇÃO

Candidatos à presidência da Câmara dos Deputados Quantidade de votos
João Victor Tocantins (PR/TO) 70
Rhayra Santana (PSL/PE) 43
Votos em branco 2

Apontado como favorito desde o início da simulação, Tocantins recebeu apoio de 8 dos 11 partidos da Casa: o Partido dos Trabalhadores (PT), Partido da República (PR), Progressistas (PP), Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Social Democrático (PSD), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e Democratas (DEM). Enquanto isso, o Partido Social Liberal (PSL), Partido Republicano Brasileiro (PRB) e Movimento Democrático Brasileiro (MDB) apoiaram a candidatura da deputada Rhayra Santana. 

Após ser derrotada, Santana declarou que a integração dos parlamentares de primeira viagem deve ser prioridade no Politeia. “Perder faz parte do jogo democrático e tenho certeza que o Tocantins vai desempenhar um bom trabalho. No entanto, aproveito o momento para pedir encarecidamente para o novo presidente analisar os casos com cuidado, tendo em vista que é a primeira experiência de muitos simulantes. Além disso, reitero a importância de ouvirmos as demandas de todos”, disse. 

COMPOSIÇÃO DA MESA DIRETORA

Além da presidência da Câmara dos Deputados, também foram definidos os demais cargos da Mesa Diretora. São eles: 

1º vice-presidente Nathália Uchôa (PSB)
2º vice-presidente Adrielle Galdino (PSL)
1º secretário Sarah Ribeiro (PRB)
2º secretário João Estevão (MDB)
3º secretário Natalie Catarina (PR)
4º secretário Matheus Rocha (PRB)
Secretária da mulher Gabrielly Lopes (PSB)
1ª secretária adjunta Lara Cunha (PSL)
2ª secretária adjunta Richelle Costa (PT)
3ª secretária adjunta Michelle Queiroz (MDB)

Compartilhe: