Lara Malta (PSB/TO) é eleita presidente da Câmara

Parlamentar do Bloco Câmara para Todos é escolhida como nova presidente após 54 votos favoráveis

Por Felipe Pacheco e Leonardo Ramsés

No último sábado (23), durante sessão preparatória realizada na Universidade de Brasília, ocorreu a escolha da presidência da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, além dos demais cargos. Com 54 votos favoráveis, a deputada Lara Malta (PSB/TO) foi eleita presidente da Casa. Era necessária a maioria absoluta dos votos dos deputados presentes, sendo que o outro candidato à presidência, Jhonathan Anfilofev (PSD/MT), obteve 33 votos, não sendo necessário o encaminhamento ao segundo turno. A nova presidente da edição de 2022 do Projeto Politeia, em sua quarta legislatura, muito falou de sua intenção de trazer mudanças: dar voz à todos e valorizar o posicionamento de pessoas LGBTQIA+, que, segundo ela, tiveram suas falas constantemente esvaziadas e ignoradas pelos parlamentares em legislaturas anteriores. 

A presidente recém-eleita, Lara Malta, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), está representando o bloco ‘Câmara para Todos’, formado pelo: Partido Liberal (PL), Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Democrático Trabalhista (PDT) e Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). O candidato Jhonatan Anfilofev representou o bloco de oposição, o ‘União Democrática’, formado pelo: Partido Novo (NOVO), União Brasil (UNIÃO), Partido Social Democrático (PSD) e Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).  

No momento em que foi declarada a vitória de Lara, o lado esquerdo da sala de sessão entoou o lema: “Brasil pra frente, Lara presidente!”. A presidente, posteriormente, declarou: “Estou feliz, animada por saber que um dos problemas já passou. Estou animada pro resto da simulação e para ver o que vai acontecer”. O líder da oposição, Jhonatan Anfilofev (PSD/MT) também se pronunciou: “A gente já esperava um resultado que seria muito difícil. Ao longo da simulação, eu não era o candidato desde o começo, foi de última hora que ocorreram algumas trapaças dentro da simulação, esse é o termo correto. Tiraram a candidatura feminina da Maria Eduarda Neves (PSDB) mais por medo e receio, então já estávamos esperando por isso. A partir de agora nós iremos nos posicionar dentro do bloco, enquanto simulação também, como oposição à atual presidente e sempre defendendo os simulantes de primeira viagem em questão a não ter perseguição dentro da simulação!”.

Além da presidência da Mesa, também foi eleita a deputada Maria Helena Andrade (PSOL/PE), em sua primeira legislatura, para o cargo de Secretária de Gênero; além das deputadas Mariana Massoni (PSB/TO), para Líder da maioria e Maria Eduarda Neves (PSDB/BA), para Líder da minoria, ambas em sua segunda legislatura.

 

Compartilhe: