Parlamentares da CCJC articulam para acelerar discussões e votações

Tendo em vista que, durante a manhã desta quarta-feira (24), nenhum PL que estava na pauta original foi discutido e que muitos projetos vão chegar a comissão nesta tarde, deputados começaram a articular para dar mais agilidade e aprovar de forma mais rápida os PLs discutidos na Comissão. O presidente da Câmara, deputado João Victor Tocantins (PR-TO), disse que como membro da comissão disse concordar com o acordo articulado. “Enquanto membro eu concordo com esta articulação”, disse. Vários partidos concordam que é preciso dar mais raidez as discussões. “No que depender de mim, enquanto membro e líder do PR, e o deputado Gabriel Moreira do PP, vamos apoiar essa questão”, declarou o deputado Victor Frank (PR-MA).

A deputada Nathália Grigorievs (PT-SP) que faz parte da presidência da comissão disse que o acordo é quase que geral entre os membros trabalhem para acelerar os trabalhos. “Nós vamos querer acelerar as pautas sim, mas também ficou decidido na reunião da Secretaria da Mulher, que vamos apresentar  requerimento de inversão de pautas, para que tenhamos mais pautas femininas”, pontuou. As deputadas se articularam para preencher a sessão e a bancada do PT, inclusive, mudou todos os seus titulares para titulares mulheres, mas por apenas um voto o requerimento de inversão de pauta, foi rejeitado por falta de votos mínimos para aprovação.

Com a derrubada do requerimento, a pauta original voltou a ser seguida no início de sessão, a tarde. Há um consenso de que se acelere as votações, e isso havia sido articulado durante todo o final da manhã com vários partidos e com os membros que eram titulares da manhã. Porém, com a mudança de parlamentares titulares da sessão, não se sabe se a articulação terá efeitos. Outro ponto que pesa sobre esta questão, é que a maioria das pautas são pautas que tendem a ser bastante debatidas e com vários deputados se inscrevendo para discursar.

Compartilhe: